domingo, 30 de outubro de 2016

Resenha - Precisava de Você

Autor: Pedro Guerra
Ano de Publicação: 2015
Editora: Belas-Letras

Por que o primeiro amor nós nunca esquecemos? Não digo primeiro relacionamento, mas sim aquela paixonite inocente. Talvez você já tenha sentido isso com alguém que estudou e que nunca tenha notado sua presença ou alguém que esbarrou em um metrô ou na rua. Apenas olhou para a pessoa e imaginou um futuro com ela, seus olhos brilharam a partir do momento que se cruzaram, que seu coração acelera a mil por hora só de pensar naquele rosto que as vezes nem sabemos o nome. Acredito que já tenha sentido isso, acertei? 
Lola Tavares estava exatamente assim. Neste momento ela estava em transe, com as pernas bambas, o coração acelerado e os olhos brilhando, pois do outro lado da rua estava o menino mais lindo e diferente de todos que moravam em Porto Tempestade. Mas Lola devia ter percebido o destino dos dois, ela deveria ter percebido que não iam dar certo, pois nem ao menos estavam no mesmo destino de ponto de ônibus, ela deveria ter prestado mais atenção. Mas não, o coração não nos deixa agir racionalmente.


Não conseguiu dormir direito aquela noite (primeira de muitas noites sem dormir), pois o menino misterioso de roupas escuras e camiseta de banda, com aqueles cabelos louros não saia de sua mente.
Lola fazia faculdade junto com seu melhor amigo Sam, um cara mega ultra legal e totalmente gay! Os dois eram como carne e unha e sendo tão ligados Sam não demorou para sacar que Lola estava apaixonada, mas como não tinha nenhuma informação do garoto, ele a aconselhou esquecer, talvez eles poderiam nunca mais se ver, pois acontece de só vermos a pessoa uma vez na vida. Mas o mundo, ou melhor Porto Tempestade, é pequeno demais. 
Com a organização de uma festa na faculdade, Sam estava tentando convencer Lola a ir, afinal era uma festa e a missão era fazer com esquecesse o garoto, pois se passara uma semana e a mente e coração dela só funcionava por uma razão.
" -Ninguém quer quebrar a cara no amor... Mas todo mundo tem um coração pronto para ser quebrado alguma vez na vida."
O dia da festa chegou e Lola estava lá, observou a decoração que fez e viu que não estava tão ruim. Mas não pode dizer o mesmo das pessoas. As garotas usavam vestidos super curtos, saltos altos e maquiagem mega extravagante, os garotos ao ponto de vista de Lola eram todos uns babacas que estavam lá só para beber e fazer idiotice. Ela não era esse tipo de menina fácil, com a mente pequena. Lola adorava ler, ouvia bandas estranhas, tinha um gato gordo e morava com sua mãe.
De repente tudo já não importava mais, o mundo parou de girar pois o garoto misterioso 
acabara de entrar na festa e junto com ele estava Cassy, uma garota linda, loira e com peitos enormes, dentro de um mini vestido. Então era este tipo de garota que ele gostava? Os alarmes de Lola deveriam ter despertado, mas isso não aconteceu. 
Ele fora apresentado, Gabriel era seu nome. Gabriel, Gabriel, Gabriel...
O mistério do nome fora resolvido, mas isso só piorou a situação de Lola. Pois agora seu sofrimento tinha um nome e não somente um rosto. E ela queria mais dele, queria saber de tudo, pois somente o nome não bastava, queria mais e mais. Lola, você deveria ter parado no nome.
Então começaram a se conhecer, os encontros era todos por acaso, o que a deixava mais louca que de costume, afinal eles tinham amigos em comum, difícil seriam não se encontrarem. 
Lola Tavares precisava de você Gabriel Vegas, mas você não precisava de Lola Tavares.
Eu posso garantir que todos nós já tivemos um Gabriel Vegas em nossa vida. Todo mundo já teve um amor não correspondido. Todo mundo ainda vai sofrer por amor e não será apenas uma vez. Mas acho que o primeiro sofrimento é apenas um preparatório do que a vida vai nos dar. E Lola aprendeu isso. Se apaixonara por um garoto, que além de ser mais novo que ela, estava na fase de curtição, de beijar, de ir em festas, de experimentar coisas novas. Lola não era assim tão velha, mas entendia o ponto de vista dela. Ela estava cegamente apaixonada pela beleza dele, pelo jeito diferente de ser, talvez por ser novo em
Porto Tempestade, o que Lola sentia não era amor, pois, ao meu ponto de vista, não podemos amar uma pessoa se nem a conhecemos direito. O que Lola sentia era superficial, ela não o amava como dizia. O final foi um pouco previsto, mas bem interessante, pois Gabriel tinha um segredo e acredito que depois de descoberto Lola teve uma atitude super madura. Apesar da leitura ser rápida ganhou um super espaço no meu coração. 
O livro parece ter sido de material reciclável, mas me corrijam se eu estiver errada, e a edição está linda, possui diversas imagens e frases, as letras são médias e não achei erro de escrita.
Esta história aconteceu de verdade, tanto que foi a própria Lola que escreveu, mudando apenas os nomes dos personagens. O livro é leve e de uma leitura super rápida! Se você já foi iludido esse livro é para você!
Visite o site


Para embarcar na leitura

1 comentários:

  1. Lindo seu cantinho, Parabéns pelo seu Trabalho
    Meu contato!@#$%

    www.lucrearte.com/atacado
    Abrass: Renato Porta Brinco MDF



    ResponderExcluir

 

Abcd dos Livros Template by Ipietoon Cute Blog Design and Bukit Gambang